Rodoviários suspendem greve e transporte coletivo volta a circular nesta terça-feira (24)

Após determinação da 2ª Vara da Fazenda Pública de Feira de Santana  da suspensão imediata da paralisação dos rodoviários, sob multa de até R$ 100 mil reais em caso de descumprimento, o presidente do Sindicato Alberto Nery, informou ao Acorda Cidade que foi suspensa a greve da categoria.

“Eu fiquei muito surpreso com o posicionamento do poder público que de forma traiçoeira buscou o poder judiciário para interferir, em vez de procurar e chamar as partes envolvidas no caso. Já estamos há mais de cinco meses em discussão para que pudéssemos chegar ao entendimento. Desta forma, estamos suspendendo a greve, mesmo sem notificação, nós vamos determinar a suspensão, mas quero esclarecer à população de Feira de Santana que eles entraram na 2ª Vara da Fazenda Pública que não tem nenhuma relação com esta discussão. Greve é um direito sagrado na constituição de todos os trabalhadores, mas afirmo que já estamos com os nossos advogados com uma liminar para que derrubem esta decisão, porque essa justiça não tem a competência para julgar o feito que é a questão relacionada ao trabalho, portanto, iremos pedir a intermediação do Ministério Público, levando ao Tribunal Regional do Trabalho, para que possa ser apreciado e julgado”, afirmou.

Ainda de acordo com o presidente da categoria, os ônibus só retornam a circular a partir desta terça-feira (24).

“Estamos comunicando aos trabalhadores, mas diante de deslocamento que os funcionários precisam fazer de suas casas, até os locais, leva-se um tempo. Voltamos a trabalhar amanhã, porque de fato, estamos suspendendo a nossa greve nesse exato momento, mas estaremos lutando para que possamos voltar a lutar na defesa do nosso direito, porque nós não iremos abrir mão dos direitos dos trabalhadores”, concluiu.

*Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

COMPARTILHAR