Rodoviários de Feira de Santana entram em greve e cidade amanhece sem ônibus do transporte público

A cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, amanheceu sem ônibus do transporte público, nesta segunda-feira (23), após os rodoviários, que estão em campanha salarial, entrarem em greve por tempo indeterminado.

A categoria reivindica reajuste de 10,5% referentes a 2020 e 2021 contudo, segundo os rodoviários, as empresas não fizeram nenhuma proposta, alegando dificuldades financeiras. Por isso, ficou decidida a greve.

Com a greve, cerca de 600 rodoviários estão parados, e o terminal de transbordo da cidade amanheceu fechado.

A prefeitura da cidade informou que se reuniu com secretários e que irá à Justiça para garantir o cumprimento do contratos das empresas.

COMPARTILHAR