Vereador de Campo Formoso é preso por descumprir ordem judicial

O vereador Arlivan Carvalho Gonçalves, 64 anos, de Campo Formoso, na Chapada Norte, foi preso na manhã de ontem segunda-feira (20), após descumprir medidas cautelares impostas pela Justiça. Ele estava proibido de sair de casa aos finais de semana.

O edil responde a um processo pelas práticas de estelionato, corrupção ativa, tráfico de influência e organização criminosa, resultado de uma investigação realizada em 2019 pela Polícia Civil, que desarticulou um esquema de venda de carteiras de habilitação na região, sem a realização de provas necessárias.

Apontado pelas investigações pela polícia como chefe do esquema, juntamente com a esposa, o vereador foi preso. No entanto, ele foi solto um mês após, mas foi proibido de sair de casa nos fins de semana.

O político estava autorizado a deixar o domicílio para assistir às sessões na Câmara Municipal. Ele não usava tornozeleira eletrônica. Com isso, Arlivan está na delegacia do município e será levado ao Conjunto Penal de Juazeiro, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Por meio de nota, a defesa do vereador afirmou que “trata-se de uma decisão ilegal contra o vereador, estranhamente decretada no último dia de funcionamento do judiciário, com viés político”, e informou que está adotando as medidas legais cabíveis.

Com Informações do site Jornal da Chapada

COMPARTILHAR