PT Bahia adia Encontros Territoriais devido ao aumento de casos de Covid

O secretário de Desenvolvimento Territorial do PT Bahia, Marcelo Aguiar, afirmou que a definição foi pautada pelo compromisso do Partido com a defesa da saúde e proteção de toda a população.

O Partido dos Trabalhadores da Bahia adiará por 15 dias os Encontros Territoriais no estado devido ao aumento de casos de Covid em todo o país. O novo calendário dos Encontros, para discutir a renovação e atualização programática do Partido, agenda da Nova Primavera para formação de educadores, educadoras e militantes, o calendário do PT Solidário e a tática eleitoral, será divulgado pela Comissão Organizadora ou pela Secretaria de Desenvolvimento Territorial do PT Bahia em breve.

“Decidimos pelo adiamento considerando o crescimento do número de pessoas infectadas pela nova onda de contágio da Covid-19, a elevação das internações ambulatoriais e a pressão sobre os sistemas de saúde”, explicou o presidente do Diretório Estadual do PT, Éden Valadares, que destacou ainda a “acertada postura governador Rui Costa em defesa da vida, pela vacinação e em combate à pandemia”. 

O secretário de Desenvolvimento Territorial do PT Bahia, Marcelo Aguiar, afirmou que a definição foi pautada pelo compromisso do Partido com a defesa da saúde e proteção de toda a população. “É uma posição assertiva diante do aumento de casos porque nós estamos preocupados com o quadro da saúde do estado e do país, e quinze dias não terá nenhum prejuízo para a agenda partidária. Temos que pensar nas pessoas, como sempre pensamos. O momento agora é de aguardar que os números de casos diminuam”. 

Apesar do adiamento dos Encontros, a realização das reuniões preparatórias virtuais, com a participação das direções municipais, será mantida. A sede estadual, localizada no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, ficará com funcionamento restrito, não sendo permitidas reuniões ou utilização do auditório.

COMPARTILHAR