Corpo de Bombeiros combate incêndios em 16 cidades baianas

Cento e cinquenta bombeiros atuam nos incêndios florestais que chegaram às regiões Oeste e Norte, além da Chapada Diamantina. Atualmente o combate acontece em 16 cidades simultaneamente. Aeronaves modelo Air Tractor do Programa Bahia Sem Fogo, além de brigadistas voluntários, também apoiam as ações para apagar as chamas e evitar que outras áreas sejam atingidas.
Luís Eduardo Magalhães – Os bombeiros continuam combatendo por terra na comunidade de Sangueiro, enquanto as aeronaves realizam o combate e o monitoramento aéreo. Os militares realizam aceiros para evitar que o incêndio se alastre. Os militares percorreram cerca de 7km na tentativa de se aproximar ainda mais do foco.
Barreiras – Os bombeiros continuam combatendo no povoado da Nanica com a realização de aceiros, combate direto e o apoio das duas aeronaves, bem como o monitoramento de outras regiões próximas. Paralelo a isso, realizou-se uma análise do cenário e percebeu-se alguns pontos de possível reignição, os quais foram mitigados pela guarnição. 
Morpará – Os bombeiros foram divididos em dois grupos de trabalho. E continuaram o que já estava sendo realizado anteriormente com resfriamento dos pontos quentes, passíveis de se tornarem um novo foco. Duas aeronaves permanecem dando apoio. 
Angical – Foi iniciado o combate no povoado Eixão de Missão, local de maior incidência dos focos de incêndio. A região é de Caatinga e o combate contou com ajuda de populares. 
Buritirama – No povoado de Clemente de Baixo o combate continua com o trabalho no perímetro do foco da localidade de tanque novo, com a realização de aceiros e o resfriamento de pontos quentes, bem como com o corte de galhos em brasa. 
Riachão das Neves – Bombeiros estão no povoado Castelo Rio Branco
Barra – O combate acontece na comunidade do Igaritê.
Ibotirama – Os bombeiros estão combatendo na região da BR 242
Formosa do Rio Preto – O combate continua na Região do Ouro.
Mulungu do Morro – A equipe foi informada de uma possível reignição e já esta avaliando a área.
Macaúbas – A localidade de Cantinho, onde acontece o combate, é de difícil acesso com uma caminhada íngreme de cerca de 2 horas até que os bombeiros tenham acesso a linha de fogo.
Lençóis – O combate continua em Tanquinho e os bombeiros iniciaram o monitoramento em algumas áreas. Dois aviões também realizam o combate e monitoramento aéreos.
Uibaí – O combate continua na localidade Eólica de Uibaí e os bombeiros estão conseguindo minimizar os danos. 
Pilão Arcado – Uma equipe está realizando o combate na localidade de Lago grande, numa área de difícil acesso. Estão realizando aceiros para evitar que o incêndio se alastre.
Iraquara – Após avaliação no Quilombo Riacho do Mel foi verificada a inexistência de focos de incêndio.
Campo Alegre de Lourdes – Na localidade Aroeiras, uma equipe foi deslocada para avaliar possível foco de incêndio da região.

COMPARTILHAR