Pescadores do recôncavo participam de oficinas de saúde e gestão

A Bahia Pesca, vinculada à secretaria Estadual da Agricultura (seagri), em parceria com a Petrobras, programou uma intensa série de atividades no mês de novembro para os pescadores baianos. As ações fazem parte do projeto Pescando Saberes, que visa melhorar as condições de trabalho e renda dos pescadores artesanais e marisqueiras residentes próximos ao Terminal de Regaseificação de Gás Natural da Petrobras.
Estão previstas a realização de oficinas de saúde, com exames clínicos, palestras educativas, e oficinas de gestão para a otimização dos recursos que já foram entregues aos profissionais da pesca. Nesta primeira quinzena de novembro as oficinas vão acontecer nas cidades de São Francisco do Conde e Madre de Deus.
Os trabalhos, que começaram em outubro, prosseguem nesta quinta (6) e sexta-feira (7), em São Francisco do Conde. Uma equipe multidisciplinar atenderá cerca de 300 famílias de pescadores da Associação de Marisqueiras e Pescadores de São Francisco do Conde, orientando-as sobre os principais problemas que atingem esta classe profissional e realizando exames clínicos. Caso sejam identificados problemas de saúde mais complexos, os profissionais serão encaminhados para a realização de exames no sistema público de saúde.
“Estamos levando quatro técnicos de enfermagem, três médicos, dois fisioterapeutas e um nutricionista para, juntos, melhorar a qualidade de vida dos pescadores. Além dos exames, serão ministradas palestras sobre alimentação saudável e correção postural”, explica a coordenadora técnica de promoção social da Bahia Pesca, Eliana Carla Ramos. A mesma ação acontecerá também para as comunidades de Muribeca (nos dias 13 e 14/11) e Ilha das Fontes (18 e 19/11), ambas em São Francisco do Conde.
Gestão
Também nesta sexta-feira (7), os pescadores participarão de uma “oficina de gestão”, onde aprenderão as melhores práticas de administração dos recursos que já receberam no Pescando Saberes. “A cessão de equipamentos para os pescadores baianos sempre é acompanhada de um trabalho de assistência técnica e de orientação para o bom uso das ferramentas, sejam elas voltadas para a segurança destes profissionais ou para o aumento de sua produtividade. Desde junho a Bahia Pesca e a Petrobras já entregaram 30 embarcações de fibra de vidro, 30 freezers, além de petrechos de pesca, como facões, redes e gaiolas, aos pescadores e marisqueiras de São Francisco do Conde e Madre de Deus”, conta o presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto.
Outras oficinas de gestão acontecerão em Madre de Deus (nos dias 10, 11, 17 e 18 de novembro) e Saubara (em 28 e 29 de novembro), beneficiando mais 200 famílias de pescadores e marisqueiras.
COMPARTILHAR