DATA MAGNA DE MUTUÍPE É DESTACADA POR JURANDY

É justo que a Assembleia Legislativa do Estado proponha moção de aplausos ao município de Mutuípe pela comemoração de mais um ano de sua emancipação. A certeza é do deputado Jurandy Oliveira (PP), que protocolou o documento na Secretaria Geral da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, na última segunda-feira. O aniversário foi comemorado em 26 de julho.
“É importante destacar trecho do hino de Mutuípe que enaltece a região”, diz o parlamentar, citando: ‘Terra amiga, onde o sol do triunfo estendeu seu clarão promissor. Ergue a fronte e contempla esta aurora, que te envolve em constante fulgor (…)” Ele considera incontestável que a emancipação de Mutuípe representa um momento de grande importância no cenário baiano, “razão pela qual é um privilégio parabenizar os mutuipenses nesse momento de alegria”.
“No que se refere aos aspectos históricos, é importante destacar que até meados do Século XIX toda a zona ribeirinha do Rio Jiquiriçá, que abrangia inclusive o território do atual município de Mutuípe, era habitada por índios”, conta, lembrando a chegada de Manoel João da Rocha e outros pioneiros em 1849.
“Entre as propriedades dos primeiros povoadores, encontrava-se a Fazenda Mutum, que ficava à margem de uma estrada que ligava os sertões do sudoeste baiano a Minas Gerais. Vale destacar que os tropeiros que por ali transitavam faziam daquela propriedade um ponto de repouso e reabastecimento”, diz. O município está localizado na mesorregião do centro-sul baiano, tendo como limites territoriais os municípios de Laje, Jiquiriçá, Valença, Teolândia e Presidente Tancredo Neves.

COMPARTILHAR