Receita Federal já divulgou regras para a Declaração do Imposto de Renda 2022


A Receita Federal já anunciou as regras para a entrega da Declaração do Imposto de Renda de 2022. O prazo de envio neste ano acontece entre 07 de março e 29 de abril de 2022. Após esta data, o contribuinte que apresentar a declaração receberá multa pelo atraso.

Segundo a Receita Federal, a expectativa é de que aproximadamente 34 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo. Neste ano, a Receita Federal e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) apresentaram algumas novidades.

De acordo com a contadora da Contabile Gestão Empresarial, Joanna Sacramento, a principal delas é a ampliação do acesso à declaração pré-preenchida. O documento estará disponível em todas as plataformas (programa gerador, aplicativo Meu Imposto de Renda ou e-CAC), com autenticação por contas Gov.br níveis ouro ou prata.

Joanna Sacramento destaca que a modalidade possibilitará ao cidadão iniciar o preenchimento do documento já com diversas informações à disposição, como dados de rendimentos pagos por empresas, despesas médicas e o histórico de bens e direitos das declarações anteriores.

“Assim, quem usar essa funcionalidade tem menos chance de errar o preenchimento e cair na malha. Possibilita, também, receber a restituição mais rapidamente. E, para quem tem imposto a pagar, significa maior tranquilidade em saber que está pagando corretamente seus impostos”, acrescenta a contadora.

Adotado pelo consumidor brasileiro, o Pix terá espaço no IRPF deste ano.

“A restituição e o pagamento dos Documentos de Arrecadação de Receitas Federais (DARFs) poderão ser feitos pelo sistema de pagamento instantâneo (Pix). As restituições por Pix devem ocorrer entre maio e setembro”, declarou a contadora.

Estarão obrigados a declarar o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022, os contribuintes que se enquadram nos seguintes requisitos:

Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;

Contribuintes que receberam rendimentos isentos acima de R$ 40.000;

Aqueles que tiveram, em qualquer mês do ano a ser declarado, um ganho de capital na venda de bens ou realizaram operações na Bolsa de Valores;

Quem optou pela isenção de imposto na venda de um imóvel residencial para comprar outro dentro de 180 dias;

Aqueles que, até o último dia do ano a ser declarado, tinham posses somando mais de R$ 300 mil;

Pessoas que alcançaram a receita bruta acima de R$ 142.798,50 em atividades rurais;

Todos aqueles que passaram a morar no Brasil em qualquer mês do ano a ser declarado;

Quem recebeu auxílio emergencial para enfrentamento da pandemia, em qualquer valor, e teve também outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22.847,76.

“Como em todos os anos, os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, receberão mais cedo as restituições. Idosos, portadores de doenças graves e pessoas com deficiência têm prioridade. Para não cair na malha fina, a orientação é procurar um contador de sua confiança para realizar a declaração da forma correta e precisa”, conclui a contadora Joanna Sacramento.

SOBRE A CONTABILE

A Contabile Gestão Empresarial é uma empresa de Contabilidade e Administração, fundada em 1988 por Adélia Sacramento Moura Ribeiro, uma mulher forte e guerreira que sozinha educou e sustentou seus quatro filhos.

O legado de uma vida que segue adiante, através das suas filhas Joanna Sacramento, Luanda Ribeiro e Palloma Soares que dão continuidade ao trabalho deixado pela mãe. A empresa vem cada vez mais se destacando, sobretudo na área de contabilidade por conta da sua abrangência numa gama de serviços prestados para diversos segmentos empresariais.
 
Oliveira Comunicação
Assessoria de Comunicação
71 987188587 e 71 992167781

COMPARTILHAR