Periferia lidera as mortes por coronavírus na cidade de São Paulo, e as mulheres adultas são as mais infectadas

Passado um mês da primeira morte notificada pela covid-19, capital tem mais de 70% dos testes aguardando liberação. Nas franjas da cidade, falta desde informação até sabonete, diz líder comunitário

Passado um mês da primeira morte notificada em decorrência do coronavírus, São Paulo mostra um mapa manchado pelo avanço da doença, com óbitos registrados em todas as regiões do município, em especial, nas periferias. De acordo com a Secretaria da Saúde Municipal, é longe do centro que estão os maiores números de óbitos suspeitos e confirmados da covid-19. Até este sábado, 18, das 686 mortes ocorridas na cidade, ao menos 51 foram no distrito de Brasilândia, na zona norte, e 48, no de Sapopemba, na zona sudeste, seguidos por São Mateus e Cidade Tiradentes, ambos na zona leste e com 36 óbitos respectivamente.

Outro recorte social do coronavírus no epicentro da pandemia no Brasil mostra que tanto entre os casos confirmados (9.428 até sábado, 18), quanto entre os suspeitos (cerca de 35.000), as mulheres de 30 a 39 são a maioria, seguidas pelas de 40 a 49 anos. Para Saldiva, é possível que no Brasil o nível social seja mais importante que a faixa etária quando se trata de infectados e mortos pelo coronavírus. “Não dá para ter certeza ainda, mas os dados estão mostrando que os vulneráveis não são só os idosos”, afirma. “No Brasil e em outros países da América Latina, assim como na África, essa história vai ter uma tintura diferente daquela da Europa”. Nesta semana, a médica Margareth Dalcolmo, pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), também afirmou ao EL PAÍS que vê, no Brasil, tendência de “rejuvenescimento” do vírus em relação aos países por causa da distribuição etária. Levantamento feito pelo jornal com secretarias dos Estados em situação de emergência ?quando a incidência de casos é maior que a média nacional— mostrou o maior percentual de hospitalizados entre os menores de 60 anos.

Fonte:ELPAIS

COMPARTILHAR