Pai de Meghan, com quem ela não fala, diz que monarquia britânica não é racista

Thomas Markle, o pai de Meghan, afirmou, nesta terça-feira(9), que a monarquia britânica não é racista –sua filha e o príncipe Harry descreveram um episódio de racismo em uma entrevista à TV dos Estados Unidos no domingo.

“Não acho que a família real britânica seja racista”, disse Thomas Markle, o pai de Meghan, em uma entrevista à TV britânica.

Meghan se distanciou de seu pai, Thomas Markle, antes de seu casamento com o neto da rainha Elizabeth II, em 2018. O pai nem mesmo compareceu ao casamento, devido a problemas de saúde.

Thomas Markle admitiu que não conhece nenhum membro da família real britânica, nem mesmo seu genro Harry e seu neto Archie, que tem quase dois anos.

COMPARTILHAR