JURANDY QUER INSTITUIR O “TESTE DO OLHINHO” PARA RECÉM-NASCIDOS NA BAHIA

O deputado Jurandy Oliveira (PRP) propôs, em projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), a obrigatoriedade no estado da realização do exame “teste do olhinho” para detecção do câncer nos olhos em recém-nascidos, o chamado retinoblastona.

Recentemente, o apresentador Tiago Leifert divulgou que sua filha, de apenas um ano, foi diagnosticada com esse tipo de tumor, o retinoblastoma, que acomete muitas crianças. Ele resumiu assim a descoberta tardia do câncer da filha, de nome Lua: “Eu conheci a escuridão!”

O retinoblastoma é o tumor intraocular mais comum da infância e corresponde de 2,5% a 4% de todas as neoplasias pediátricas. Foi o primeiro câncer a ser descrito como uma doença genética. Ocorre na criança pequena, sendo que dois terços dos casos são diagnosticados antes dos dois anos de idade e 95%, antes dos cinco anos.

De acordo com a proposição, o “teste do olhinho” deverá ser realizado nas primeiras 72 horas após o nascimento. O teste será para detecção do retinoblastoma e será repetido uma vez por ano na faixa etária entre zero e três anos. Caso seja apontada alteração que indique a presença do retinoblastoma, os pais devem ser avisados e a criança encaminhada para o devido tratamento.

Ao justificar a proposta, Jurandy apontou que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso no tratamento. “O sucesso no manejo do retinoblastoma depende da capacidade de detecção da doença enquanto ainda é intraocular”, explicou o deputado.

COMPARTILHAR