Prefeitura de Salvador vai perdoar comerciantes inadimplentes durante pandemia

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou hoje (6), durante transmissão ao vivo, um plano de estímulo econômico com 100 medidas para amenizar os impactos financeiros causados pelo coronavírus. Duas ações já foram adiantadas por ele na live. 

Entre as decisões, o gestor anunciou que os comerciantes que ficaram inadimplentes com relação aos impostos serão perdoados. Neto frisou, no entanto, que vale apenas para aqueles que atrasaram ou não pagaram os tributos a partir do dia 15 de março, quando houve os primeiros decretos de combate à Covid-19. 

Outra novidade é que aqueles empresários cujos negócios seguem proibidos de funcionar, poderão pagar o IPTU de agosto até dezembro. Ambas as medidas terão validade imediata.

COMPARTILHAR