Ouvidoria como instrumento de construção coletiva é tema do 1º Seminário de Ouvidorias Públicas de Irecê promovido pela Prefeitura

A Prefeitura de Irecê realiza na próxima sexta-feira (28), no auditório do Instituto Federal da Bahia (Ifba), das 8h às 13h, o 1º Seminário de Ouvidorias Públicas de Irecê, com o tema ‘Ouvidoria cidadã – um instrumento de construção coletiva’.

O evento é aberto à toda a população e pretende incentivar as pessoas a utilizarem a ouvidoria como instrumento de mudanças para a cidade, através de reclamações, críticas e elogios referentes às ações do município. Para o ouvidor Geral de Irecê, Fábio Nunes, a ouvidoria estimula o processo de controle social e construção coletiva, buscando construir uma cidade mais participativa e, consequentemente, melhor. “As ouvidorias são fundamentais para melhorar o serviços públicos”, garante.

“A ação busca ainda sensibilizar os gestores a criar ouvidorias em seus municípios”, completa, convocado os representantes das Prefeituras de toda a região a estarem no 1º Seminário de Ouvidorias Públicas de Irecê.

Serão realizadas palestras da promotora de Justiça, Edna Márcia; da ouvidora da Secretaria de Saúde da Bahia, Celurdes Carvalho; e do ouvidor da Secretaria de Educação da Bahia, Francisco Neto.

A 6ª Conferência Municipal contou ainda com apresentações da enfermeira sanitarista Josane Lino, que falou sobre a Humanização na Assistência, e do médico Agostinho Ribeiro, abordando a Atenção Básica. Na ocasião, também foi realizada a 1ª Conferência de Vigilância em Saúde de Irecê, e a posse dos membros do Conselho Municipal de Saúde do município.

 

COMPARTILHAR