Maurício Barbosa não crê em protestos e confrontos durante os jogos olímpicos

002A possibilidade da ocorrência de manifestações em Salvador durante os jogos olímpicos é encarada com naturalidade pelo secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, em um regime democrático, no entanto, ele ressalta: “o direito de se manifestar vai até onde vai o dever da segurança publicar atuar”.
Em coletiva na manhã desta terça-feira (2), na Vila Militar, na Cidade Baixa, o titular da pasta falou sobre os protestos e confrontos entre a Polícia Militar e manifestantes registrados em 2013 e 2014, períodos marcados por atos que antecederam às copas das Confederações e do Mundo, respectivamente.
“A intenção nunca é ter o confronto e, sim, permiter que as pessoas façam as manifestações e consigam se expressar dento do espírito democrático da melhor forma possível, agora, nós temos nossas obrigações”, disse Barbosa, sobre a missão de garantir a segurança no evento.
Por fim, o secretário revelou descrença diante de novos enfrentamentos nas ruas, pelo menos, “com a mesma intensidade”.
COMPARTILHAR