O triunfo diante da Chapecoense nesta noite de quarta-feira (06) deixou parte da torcida do Vitória mais tranquia. O time deixou a zona de rebaixamento e respirou no Brasileirão.

Em coletiva de imprensa após a partida, o técnico Vágner Mancini destacou que a pressão estava grande com a falta de resultados positivos.

“A Vitória era fundamental, não só pela pressão. Há uma cobrança de cada um de nós para que o Vitória faça uma bela temporada. Você acaba tendo um peso nas costas. A gente viu uma equipe que lutou muito, não deu espaços, fez seu gol, teve chances e que essa vitória seja o início de uma nova fase”, falou.

Com o Leão dono de uma das piores zagas do torneio, Mancini elogiou a postura defensiva dos jogadores neste jogo, o primeiro em que o Vitória não tomou gols.

“Eu falo de uma maneira geral. O Vitória marcou bem e não só defensivo, mas o ofensivo se doou demais. Fomos até o final brigando. A gente tem que valorizar isso. O Vitória vinha levando muitos gols, embora seja uma das equipes que mais fez gol. O aspecto defensivo deve passar segurança e hoje a gente viu isso”, pontuou.

“Nosso elenco é reduzido e vem jogando de uma forma para suportar a partida. Alguns atletas meus entraram em campo hoje sabendo que não iriam suportar e jogaram os 90 minutos. Essa oxigenação teve que ser do sub-20”, completou.

COMPARTILHAR