Jurandy sugere incentivo à doação de plasma sanguíneo por curados do coronavírus

Incentivar a doação de plasma sanguíneo por cidadãos curados da Covid-19 é o que propõe o deputado Jurandy Oliveira (PP) com o Projeto de Lei 23.917/2020, apresentado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). De acordo com a proposição, a pessoa que doar receberá o certificado Amigo da Saúde, a ser emitido pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), bem como a concessão de meia-entrada em eventos culturais e esportivos no âmbito do Estado da Bahia. 

O Art. 2º da proposição garante que os requisitos necessários determinados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para a realização da doação de plasma sanguíneo, deverão ser observados. 

Jurandy argumenta que, diante do cenário atual, é necessário que a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) inicie testes com plasma sanguíneo em pacientes em estado grave. “A pessoa curada dessa doença infectocontagiosa desenvolve anticorpos em seu plasma que podem auxiliar no tratamento de outros pacientes com formas graves da Covid-19. Vale ressaltar que a terapia plasmática já foi aplicada no combate a outras pandemias, como a Gripe Espanhola, em 1918”. 

O parlamentar ressalta ainda que a medida já está sendo adotada pelo Instituto Estadual de Hematologia do Estado do Rio de Janeiro (Hemorio), segundo o qual cada plasma coletado pode auxiliar no tratamento de até três pessoas. 

COMPARTILHAR