Após a derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, em pleno Barradão, Carpegiani criticou, na entrevista coletiva, a postura dos jogadores do Vitória. Claramente abatido, o comandante rubro-negro não escondeu a decepção com o desempenho em sua estreia.

“Acredito que todo mundo viu. Realmente deixamos muito a desejar, sob todos os aspectos. Não temos muito o que dizer, todo mundo viu o que ocorreu. Não podemos desmerecer uma equipe que é outro patamar, outro tipo de investimento, que é candidata a meu ver. Acredito que o Palmeiras, se fixar, passa a ser o grande candidato. Já uma diferença, mas a diferença foi muito grande. Encontramos uma equipe apática, sem a compostura que tínhamos que ter. Encontramos dificuldades normais de três dias de treinamento”, disse.

“Esperava de minha equipe muito mais, mas sou obrigado a reconhecer que a falta de tempo também contribuiu, mas principalmente a falta de ambição, falta de garra, de disposição. Temos que agregar tudo isso. Temos que tirar esse time, ter algo mais. Tem muita gente no departamento médico, e o pior é que não vão voltar. Vai demorar um pouco de tempo. Estamos encontrando dificuldade, mas vamos tratar de superar. Vitória é muito grande. Também estou preocupado”, completou.

Carpegiani reconheceu não entender pelo qual os atletas não terem compreendido o foi passado nos treinos ao longo da semana.

“Não gosto de falar muito em nomes, individualmente. Mas começou o jogo e não era aquilo que treinei. Por isso que libero o treinamento para vocês. Desde o princípio já estava frouxo no meio. Segundo tempo melhorou um pouco. Um paradoxo. Por incrível que pareça, tivemos 58% de posse de bola, mas não criamos. O que me preocupa é essa inconstância, essa falta de entrega, de maturidade, que me passou essa equipe. Isso que me preocupa muito mais do que a parte como time, como equipe”, afirmou.

Com a derrota, o Vitória entrou de vez na zona de rebaixamento. O Leão é o 17º colocado, com 19 pontos. A próxima partida do Leão será na próxima quinta-feira (23), às 19h30, contra o Flamengo, pela 20ª rodada do Brasileirão.

COMPARTILHAR