No ultimo dia 15 deste mês, foi confirmada uma nova formula de disputa para a Copa do Nordeste para 2019. Pelo novo modelo, a competição contará com 16 times divididos em dois grupos com oito equipes, diferente das quatro chaves com quatro clubes cada. As agremiações de um grupo vão enfrentar as do outro só em jogos de ida. Depois das oito rodadas, os quatro times de melhor campanha em cada grupo passarão para as quartas de final.

Apesar do descontentamento com o novo modelo, Bahia e Vitória estarão presentes na próxima edição do torneio. A dupla  Ba-Vi quer discutir  outras mudanças para as edições do Nordestão a partir de 2020.

Segundo o presidente da Liga do Nordeste, Alexi Portela, a competição regional passou por mudanças por causa de um pedido dos clubes, que desejam que o torneio seja mais lucrativo. Uma maneira para conseguir será aumentar o número de clássicos estaduais, o que realmente vai acontecer já que equipes do mesmo estado vão ficar em grupos diferentes tendo clássicos logo na primeira fase.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, Guilherme Bellintani, presidente do Bahia, diz que o clube pensa em um novo formato para a Copa do Nordeste. O mandatário tricolor ainda afirma que a formula de 2019 será um modelo de transição até um novo formato para 2020 ser aprovado.

Para o presidente do Vitória, Ricardo David, concorda com as mudanças para 2019. Porém, concorda com o presidente tricolor para que é preciso encontrar uma formula comercialmente melhor.

Nesta temporada, os jogos da Copa do Nordeste têm uma média de pouco mais de três mil torcedores. A partida de maior público foi entre Bahia e Botafogo-PB, logo na primeira rodada, com 11.343 pagantes na Fonte Nova. O Bahia é o clube com maior média de público, 7.887 torcedores por jogo. O Vitória tem uma média de 4.006.

A Copa do Nordeste de 2019 ainda não tem definida quantas datas terá. É certo que, na primeira fase, as equipes terão duas partidas a mais que na edição deste ano, oito contra seis jogos. Os times que chegarem terão jogado 14 partidas, contra 12 do atual modelo. Alexi Portela afirma que vai pedir a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) essas datas a mais. Caso não consiga, as quartas de final e semifinais serão disputadas em jogo único, com mando de campo do time de melhor campanha.

A Copa do Nordeste de 2019 vai contar com ABC, Altos, Bahia, Botafogo-PB, Ceará, Confiança, CRB, CSA, Fortaleza, Moto Club, Náutico, Salgueiro, Sampaio Corrêa, Santa Cruz, Sergipe e Vitória.

COMPARTILHAR