Cármen Lúcia determina que Ricardo Salles entregue passaportes a PF

Os advogados do ex-gestor já foram intimados e devem cumprir a ordem judicial

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o ex-ministro do Meio Ambiente do governo Bolsonaro, Ricardo Salles, entregue seu passaporte à Polícia Federal (PF). Assim, Salles estaria impossibilitado de deixar o País.

Os advogados do ex-gestor já foram intimados e devem cumprir a ordem judicial. “Uma vez exonerado do cargo de ministro, ele não deveria mais estar sob a jurisdição do STF, já que perdeu o foro privilegiado”, disse o advogado que representa Salles, Roberto Podval. A informação é da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Ricardo Salles pediu demissão do cargo esta semana. O ex-ministro é alvo de investigações por suposto envolvimento em um esquema de exportação ilegal de madeira na Amazônia. O ministro Alexandre de Moraes autorizou recentemente o envio do celular de Salles aos EUA para que a senha seja quebrada e o aparelho periciado.

Fonte: FolhapressPUBLICIDADE


Edição virtual

COMPARTILHAR