Na noite desta segunda-feira (16), o Bahia foi ao Rio de Janeiro e perdeu para o Vasco por 2 a 0, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Yago Pikachu de pênalti, e Andrey marcaram para a equipe carioca. Mesmo com o resultado o Esquadrão avançou para as quartas de final por ter vencido primeira partida por 3 a 0.

O jogo começou bem movimentado e o Vasco começou assustando. Logo aos três minutos, Giovanni Augusto faz bom lançamento para Pikachu, que aparece livre nas costas de Léo e quase chega na bola. Anderson foi mais rápido e ficou com a bola. Aos 10, outra chegada da equipe carioca. Rafael Galhardo cruza rasteiro pela direita, Ríos dominou, girou e bateu para trás, mas a defesa do Bahia bota para escanteio. Na cobrança, Breno conseguiu cabecear, mas Anderson, bem colocado, defendeu com facilidade.

Aos 16, foi a vez do Bahia. Léo avançou pela esquerda e cruzou. A bola passou por todo mundo e sobra na direita e Zé Rafael ganhou na dividida e passa para Nino que cruza. A defesa do Vasco conseguiu botar para escanteio. O Bahia tinha dificuldades de manter a posse de bola. Enquanto o Vasco insistia em jogadas pelo lado esquerdo da defesa tricolor. Três minutos depois, o Vasco chegou de novo. O lateral Ramon recebe bom lançamento e escora para Pikachu, que não dominou. A bola sobrou para Ríos que girou e bateu para fora. Aos 23 minutos, foi a vez do Esquadrão quando Edigar Junio puxou um contra-ataque e tenta passar para Zé Rafael, mas a defesa vascaína põe para escanteio. Vinícius demorou em cobrar o escanteio e levou o primeiro cartão amarelo do jogo. Na cobrança, Tiago subiu mais alto que todo mundo, mas cabeceou fraco no meio do gol, facilitando a defesa do goleiro da equipe carioca.

Aos 31, pênalti para o Vasco. O lateral Ramon avançou e foi desarmado pela defesa do Bahia. A bola sobrou para Ríos e fez um corte em cima de Nino, que deixou o pé. O atacante vascaíno caiu e o juiz marcou a penalidade máxima. Infração bem questionada pelos jogadores do Esquadrão. Na cobrança, Pikachu abre o placar. Vasco 1 a 0. Após o gol, Edigar Junio levou cartão amarelo por reclamar da marcação do pênalti. O Bahia tinha a vantagem por ter vencido a primeira partida, mas não conseguia usar isso a seu favor. O Tricolor estava nervoso nessa altura da partida e não consegue trocar passes e fazia muitas faltas. A arbitragem acabou dando cinco minutos de acréscimo. Aos 48 minutos, lateral vascaíno Kelvin foi avanço pela direita e sofreu falta de Zé Rafael. Pikachu cobrou na área. A bola ficou viva na área e sobrou para Wagner, que encheu o pé, mas a bola bateu na defesa tricolor o que amorteceu a bola para Anderson fazer a defesa sem muitos problemas. E foi tudo na primeira etapa.

O Bahia começou o segundo tempo com um susto. O Vasco apertou o Esquadrão logo na saída de bola e teve uma boa chance aos 15 segundos, mas Kelvin se atrapalhou na entrada da área e desperdiça a falha do Tricolor. Aos 7, mais uma vez o Vasco. Após uma dividia a bola sobrou para Wagner. O meia do Vasco avançou e bateu cruzado da entrada da área e a bola passou perto do gol defendido por Anderson. No minuto seguinte, Pikachu sofreu falta de Elton. O meia vascaíno cobrou na área e Giovanni Augusto cabeceou para fora.

O Bahia melhorou a marcação e começou a ficar mais com a bola. O Bahia conseguiu chegar aos 16 minutos. Após desarme, Zé Rafael puxa um contra-ataque e passa para Vinícius que cruzou rasteiro para Edigar Junio. O atacante tricolor chutou prensado com o zagueiro vascaíno Breno e a bola fica tranquila para o goleiro. Aos 18, Kelvin sofreu falta pelo lado direito. Pikachu cruzou na área, a defesa do Esquadrão não tirou e o volante da equipe carioca Andrey chegou no segundo pau e cabeceou. Anderson não conseguiu chegar na bola que morre no fundo do gol. Vasco 2 a 0. Aos 20 minutos, outro lance de perigo para o Vasco. Depois de um cruzamento na área, Tiago cortou errado para trás e quase complicou Anderson. O volante vascaíno Andrey quase chegou na bola. A torcida vascaína em São januário se animou e empurrou ainda mais o time.

Aos 28, Régis entrou no lugar de Vinícius para que o Bahia tentasse ficar mais com a bola. Aos 33, o Esquadrão chegou no ataque mais uma vez. Elton arriscou um chute, mas a batida saiu fraca e Martín Silva fez uma defesa tranquila. Com 38, o Vasco chegou mais uma vez. Pikachu cruzou na área. O atacante subiu, mas não cabeceou bem e a bola saiu pela linha de fundo. A equipe carioca começou a cansar e o Bahia passou a ficar mais com a bola.  A arbitragem deu um acréscimo de seis minutos na segunda etapa. Aos 48, a equipe de São Januário teve um jogador expulso. Ríos deixou o braço no rosto de Tiago em uma disputa pelo alto. Cartão vermelho direto. Dois minutos depois, o tempo fechou. Pikachu e edson dividiram pela direita. Léo também chegou no carrinho. Na confusão, o arbitro expulsou o lateral do Bahia. E não teve tempo para mais nada.

Na próxima fase, o Esquadrão vai encarar o Palmeiras. A primeira partida será no dia 2 de agosto, na Fonte Nova. O segundo confronto acontece no dia 16 de agosto, no Allianz Parque, estádio da equipe paulista.

COMPARTILHAR