Prefeitura de Itaberaba entrega ‘Sala Verde’ em horto e marca o Dia Mundial do Meio Ambiente

JORNAL DA CHAPADA-A população de Itaberaba, município da Chapada Diamantina, ganhou um presente no Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira – 5 de junho – da prefeitura administrada pelo prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB). Trata-se da Sala Verde do Horto Florestal Municipal, um espaço socioambiental dedicado ao debate de projetos, ações e programas educacionais voltados à questão ambiental. Uma solenidade marcou inauguração do local, que leva o nome do ambientalista, popularmente conhecido por ‘Rochinha’ (in memoriam).

O prefeito Ricardo Mascarenhas participou da solenidade, ao lado de amigos e familiares do homenageado que era funcionário do quadro efetivo da Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri). O gestor estava acompanhado pelo secretário municipal da pasta, Fabrício Martinez, e pelo vereador Samuca do Foto (representando o Poder Legislativo), além de coordenadores, gerentes e demais colaboradores da gestão.

Cerca de 60 alunos do 6º ano da Escola Municipal Góes Calmon também participaram da inauguração da ‘Sala Verde Vicente Rocha’. A sala fica no Horto Florestal Municipal, localizado às margens da Rodovia Milton Santos (BR-242), e está aberta para visitação pública de grupos oriundos de escolas, faculdades, associações e a comunidade em geral, sempre de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h. Basta agendar previamente na Seagri, que fica na região da Feira Nova. Para maiores informações, ligue 75 3251 6072.

Ato inaugural
Durante a solenidade de inauguração, em breve pronunciamento, o prefeito Ricardo destacou a importância de se ter uma ‘Sala Verde’ em Itaberaba “para o avanço do debate das questões ambientais, além de expressar o reconhecimento e a gratidão do município pelo trabalho de Vicente Rocha, que sempre esteve à frente de questões socioambientais e que tão precocemente nos deixou”, disse o gestor.

Para Edna Bastos Fernandes Santana, viúva de Vicente Rocha, a homenagem fui uma surpresa boa para toda a família, “justamente no Dia Mundial do Meio Ambiente”. “O que mais nos chamava a atenção nele era o fato de que, independentemente do grupo político que estivesse à frente da gestão pública, a causa ambiental se colocava acima de qualquer divergência”, observou Edna.

Emocionada, Edna agradeceu, em nome de toda a família, a homenagem póstuma que fez justiça ao trabalho de uma vida inteira. “Em cada canto da cidade tem uma sementinha que ele plantou. E ele fazia isso com muito amor, com muito carinho e nós, da família, ficamos sim, muito felizes e honrados por essa homenagem no dia de hoje”, concluiu. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

COMPARTILHAR